expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 7 de agosto de 2010

Vídeo - Cordilheira do Himalaia

O Himalaia (ou Himalaias) é a mais alta cadeia montanhosa do mundo, localizada entre a planície indo-gangética, ao sul, e o planalto tibetano, ao norte. O nome Himalaia vem do sânscrito (pronunciada com um longo primeiro 'a' e um curto último 'a', como 'himaal-ya', em vez de 'him-u-l-yu' ou 'him-u-layaa') e significa morada da neve. Os Himalaias espalham-se, de oeste para leste, do vale do rio Indo ao vale do rio Bramaputra, formando um arco de cerca de 2.500 km de extensão e com uma largura variando de 400 km no oeste, na região da Caxemira-Tibete, a 150 km no leste, na região do Tibete-Arunachal Pradesh.
Os Himalaias formam um grande sistema montanhoso, que incluem o Himalaia propriamente dito, o Caracórum, o Hindu Kush e o Pamir. Este sistema estende-se por seis diferentes nações: Afeganistão, Paquistão, Índia, Nepal, Butão e República Popular da China. Juntas estas cordilheiras, o sistema montanhoso do Himalaia é o teto do mundo, e lar dos picos mais altos do planeta, o Monte Everest (8.844 m) e o K2 (8.611 m). O pico mais alto fora dos Himalaias é o Aconcágua, nos Andes, com 6.962 m, e somente no Himalaia há mais de 100 picos excedendo os 7.200 metros de altitude.
Os Himalaias são fonte de duas das maiores bacias hidrográficas: a bacia do rio Indo e a bacia do Ganges-Bramaputra. A densidade populacional dos Himalaias é muito baixa e poucos são os centros populacionais, sobretudo na vertente meridional. O Himalaia influencia também fortemente o clima, a vegetação e a distribuição dos animais.
A cadeia Himalaia consiste de três cadeias paralelas, que do sul para o norte, são o sub-Himalaia, os Pequenos Himalaias e os Grandes Himalaias. As montanhas começaram a se formar por dobras há 40 milhões de anos atrás, quando o subcontinente indiano se projetou em direção ao norte contra a principal massa terrestre asiática.
Texto e vídeo retirados do You Tube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente....Com educação e civilidade.